A Polêmica do Leite

A polêmica do leite

Muitas pessoas têm dúvidas em relação ao consumo do leite de vaca, já que hoje em dia muitos profissionais da saúde dividem suas opiniões quanto à importância do leite na vida de um adulto. É comum a gente ouvir perguntas do tipo: Eu preciso mesmo tomar leite? Ouvi dizer que os adultos não necessitam, é verdade?
O leite é uma boa opção alimentar por apresentar diversos nutrientes, sendo fonte principalmente de proteínas, fósforo e cálcio.

Todos os humanos necessitam ingerir cálcio diariamente, sendo a ingestão dietética de referência (DRI) de 1.000 mg por dia para adultos até os 50 anos e de 1.200 mg por dia acima dessa idade.

O valor é bastante alto e esse é o ponto chave para não se deixar de consumir leite e derivados, que são os alimentos com maior quantidade de cálcio e maior biodisponibilidade.

A sardinha também é uma boa fonte de cálcio; entretanto, é muito difícil uma pessoa ingeri-la todos os dias. Existem alguns vegetais que possuem o mineral, principalmente os folhosos verde-escuros, todavia os fitatos e oxalatos presentes nesses alimentos diminuem a absorção do mineral. Dessa forma, pode-se concluir que, com a exclusão do leite e seus derivados da dieta, uma pessoa dificilmente irá conseguir atingir a DRI sem acompanhamento adequado (em muitos casos, existe a necessidade de suplementação).

De fato existem algumas pessoas que apresentam fatores que os impedem de consumir o leite, tornando-o um alimento não indicado na alimentação. Estima-se que em média  25% da população brasileira têm a chamada intolerância à lactose. Entretanto, de uma maneira geral, para a população saudável, o leite só contribui com benefícios. Dessa forma, antes de retirar o produto da alimentação, o indivíduo deve ser avaliado para saber sua condição real.

Outra questão polêmica é em relação a qual tipo de leite optar: integral, semidesnatado ou desnatado?

Costumo recomendar o leite integral para crianças e no início da adolescência que estão em fase de crescimento e não possuem nenhum problema como sobrepeso e obesidade. Indico sempre o desnatado ou o semidesnatado para pessoas que precisam controlar os níveis de colesterol, que estão em processo de emagrecimento e também para adultos que querem manter o peso, pois eles têm menor quantidade de gordura.
Entretanto, os maiores culpados pelo excesso de calorias são os complementos do leite. Por exemplo: cada colher de sopa de açúcar refinado adicionada ao café com leite aumenta quase 100 kcal e cada colher de sopa de achocolatado (cujo principal ingrediente é o açúcar) aumenta em cerca de 60 kcal. Assim, as melhores opções para acrescentar ao leite são: frutas, cereais integrais ou mesmo achocolatado diet ou light.